Domingo, 4 de Julho de 2010

Boxers

"Boxer é uma raça de cão de médio porte e pêlo curto, de cor dourada ou tigrada, de mandíbula proeminente, corpo quadrado e de porte atlético. O primeiro aparecimento de exemplares da raça foi em 1895, por amabilidade do Clube Alemão do São-Bernardo que permitiu, durante uma exposição monográfica da raça, a exibição de alguns exemplares de boxer. Contudo, no início não se alcançou o êxito desejado, no intuito de melhorar e popularizar a raça. Ganhou "Múhlbauers Flocki", filho de "Tom" um buldogue branco, propriedade do Dr. Toenniessen, e da fêmea bierboxer (moderno bullenbeisser) "Alt's Schecken", filha de "Alt's Flora", uma fêmea tigrada levada para a Alemanha a partir do sul da França em 1887 por George Alt, natural de Munique. "Flocki" seria o primeiro Boxer inscrito no Livro de Origens."

"Boxers  são um tipo de roupa íntima usada pelos homens. O termo tem sido usado em Inglês desde 1944 para todo o tipo calções com elásticos, assim chamado depois dos calções usados por pugilistas, para quem o livre movimento da perna ('pés') era muito importante."

"O Boxe ou pugilismo é uma arte marcial e desporto de combate que usa apenas os punhos, tanto para a defesa como para o ataque. A palavra deriva do inglês to box, que significa bater, ou pugilismo (bater com os punhos), expressão utilizada na Inglaterra entre 1000 e 1850. 

Populares na Inglaterra nos séculos XVIII e XIX, o boxe era praticado com as mãos nuas. Estas lutas com as mãos descobertas eram frequentemente brutais. O desporto foi reformado em 1867, com as regras de Queensberry, que previam rounds de três minutos e o uso de luvas. Entraram em vigor em 1872.

O boxe foi primeiramente considerado desporto olímpico em 688 a.C., na 23ª olimpíada. Porém, quando ressurgiram as Olimpíadas da Era Moderna, o Comité Olímpico Internacional (COI) não admitia a inclusão do boxe por não achar o desporto condizente com o clima de confraternização entre os atletas.O boxe foi incluído como demonstração na Olimpíada de 1912 em Estocolmo, tornando-se num desporto olímpico moderno na Olimpíada de 1920 em Antuérpia."

                                                                                                                                                                                                          «wikipedia.org»

 

É verdade! Acredite-se ou não, aqui estou eu de volta à actividade!
Peço-vos apenas que não fiquem à espera de pedidos de desculpa ou compreensão por falta de posts e novos desenhos, porque não os vou dar!
Apenas prometo colocar desenhos de melhor qualidade e com maior frequência, neste período sem actividade universitária que se segue!
Beijinhos e apertos-de-mão!

música: Random Soul-Burgundy Shakedown
publicado por Bernardo às 01:23

link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Furacão


"Um furacão é um ciclone tropical com ventos máximos sustentados (em 1 minuto) superiores a 120 km/h que se situa no Oceano Atlântico norte ou no Oceano Pacífico nordeste.
 Um ciclone tropical é um sistema tempestuoso caracterizado por um sistema de baixa pressão, por trovoadas e por um núcleo morno, que produz ventos fortes e chuvas torrenciais. Este fenómeno meteorológico forma-se nas regiões tropicas, onde constitui uma parte importante do sistema de circulação atmosférica ao mover calor da região equatorial para as latitudes mais altas. Um ciclone tropical alimenta-se do calor libertado quando ar húmido sobe e o vapor de água associado se condensa."
                                                                                  «wikipedia.org»

 

música: Kama ft Mac Gregor-Nova (Original Mix)
publicado por Bernardo às 22:11

link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

Cachorro

O abandono de animais é um tema que sempre me perturbou bastante.

Não sei como é que existem seres disfarçados de humanos, que simplesmente abandonam os seus animais de estimação num abrir e fechar de olhos, sem que isso lhes cause qualquer tipo de problema de consciência. O que me perturba mais ainda, é o facto de ao pesquisar sobre este tema, chegar à conclusão de que as principais causas de abandono são: as férias e a dona do animal ter uma gravidez (tendo medo que este pegue doenças ao bebé). No meio de inúmeras razões, encontrei a seguinte: "Outro motivo ainda é a vaidade. Quando podem comprar um cão de raça deitam fora o pobre rafeiro que o acompanhou até então, para se poder exibir junto dos amigos e conhecidos(...)". Depois desta razão, penso que este post está finalizado...

P.S.-se algum de vocês já o praticou, os meus parabéns.

publicado por Bernardo às 09:21

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

50 desenhos mais recentes

Boxers

Furacão

Cachorro

Arquivos

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

Blogs Amigos

Mais sobre mim

tags

todas as tags

pesquisar